Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A escola não é tudo mas quase

A escola não é tudo mas quase

Fazer TUTORIA nas escolas é um ENORME desafio.

 

Fazer tutoria nas escolas é, em primeiro lugar, praticar a comunicação positiva.

Estudantes com baixos resultados são estudantes em crise de confiança em si próprios, na escola, nos seus pares, até mesmo nos seus familiares.Daí que o ponto de partida para a ajuda, neste caso para o acompanhamento em forma de tutoria, implique que exista ou que seja criado um clima de confiança na comunicação entre professores e alunos.

O que quer isto dizer?

 

Quer dizer que os alunos não esperam ver repetir a fórmula da clássica aula de apoio, à qual tendem a faltar com muita frequência. O que se pretende é mudar isso.Os alunos que chumbaram ou que andaram entre o " passa ou chumba" precisam de deixar de estar à defesa, precisam acreditar que é possível descolar de um falso sucesso ou insucesso e fazer parte da solução.

 

E é ao professor que cabe trazer o(s)  aluno(s) para fazerem parte da solução. Para que esse primeiro e grande objetivo seja conseguido , torna-se decisivo que seja revista a linguagem usada na comunicação ; que se evitem fazer juízos de valor, repreensões e avaliações ; que se fuja do  elogio por tudo e por nada por soar a pouco verdadeiro; que se vá estabelecendo um plano de trabalho exequível e participado.

Antes de serem estudantes aqueles jovens são PESSOAS em formação que esperam uma nova oportunidade. Ao professor cabe um enorme desafio, mas cabe também exigir que a escola cumpra a sua parte dando o suporte técnico para levar a bom termo um desafio tão nobre.