Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A escola não é tudo mas quase

A escola não é tudo mas quase

Aferir o quê nas Expressões Artísticas e Físico-Motoras?

 OH SENHOR PRIMEIRO-MINISTRO, CUIDADO COM AS DISTRAÇÕES EM EDUCAÇÃO!  

Aferir o quê nas Expressões Artísticas e Físico-Motoras?

(...)  Ainda que os professores do 1º ciclo tivessem sido tocados por alguma magia que produzisse milagres artísticos e desportivos temos de lembrar que numa mesma turma há alunos que só beneficiam do que se faz dentro do horário escolar, mas temos também entre esses os que frequentam cumulativamente as AEC e os que tiveram atividades custeadas pelos pais. E ainda alguns que beneficiaram de desporto escolar. UF!

Sendo esta a realidade, o que é preciso perguntar ao senhor ministro é O QUE VAI ELE AFERIR com estas  provas? Os resultados do que foi feito em sala de aula? Do que foi feito pelas AECs? Do que foi custeado pelos pais que colocaram os seus filhos em escolas de desporto, de música, de dança?

Se tais EXPRESSÕES estão num currículo que deverá ser para TODOS e se é esse que se quer avaliar, então está na cara que, por razões de diferente natureza, os resultados destas provas não poderão ser credíveis. Que resultados vão apresentar aos meninos de sete anos assim avaliados? E aos seus pais? Há pais que consideram a prova uma brincadeira. Brincadeira, distração?

Agora para terminar senhor ministro não se esqueça de integrar as EXPRESSÕES nos Programas de Promoção do Sucesso. São decisivas! Não sou eu que o digo, claro, são especialistas que sabem do que falam e projetos credíveis que o demonstram.

    http://lifestyle.sapo.pt/familia/pais-e-filhos/artigos/oh-senhor-primeiro-ministro-cuidado-com-as-distracoes-em-educacao